Reputação

88% dos Profissionais de Marketing tem a confiança na marca como prioridade

30/08/2019

Confiança; a razão por trás da estabilidade dos mercados financeiros globais, a motivação para o surgimento de partidos políticos, a característica humana que torna os medicamentos placebo eficazes. A confiança sempre foi a base para relacionamentos duradouros, o poder em jogo no desenvolvimento de todos os aspectos positivos de nossas sociedades.

As mecânicas da confiança são profundamente complexas, influenciadas por macro-fatores como riqueza, igualdade econômica, educação e estabilidade política, mas também por micro fatores, como relações pessoais ou valores morais individuais.

 

“88% dos profissionais de marketing buscam ações para reforçar a confiança com seus consumidores como uma prioridade para suas marcas em 2019″

Apesar das variações locais inevitáveis, muitas fontes relatam que a confiança tende a erodir globalmente. Isto é particularmente verdadeiro para a confiança interpessoal apenas uma entre quatro pessoas diz que se pode confiar na maioria das pessoas, confiança na mídia (apenas 40% das pessoas acreditam que a mídia faz um bom trabalho em distinguir fatos da ficção, confiança nas instituições nos EUA), a confiança no governo caiu 59% desde 1964 e confiança nas empresas (apenas 26% das pessoas acreditam que as empresas são transparentes no uso de seus dados pessoais) .

Com 70% dos CMOs acreditando que garantir relacionamentos de longo prazo com os clientes é fundamental para apoiar o crescimento dos negócios, essa erosão da confiança é preocupante. Portanto, é lógico que 88% dos profissionais de marketing façam da confiança uma prioridade para sua marca em 2019. Isso por meio de ações de marketing, digital, conteúdo, atendimento, relações públicas. Entre outros.

    

Extraído do Estudo Future Focus iProspect realizado com mais de 300 clientes globais. Referências podem ser encontradas acessando o menu com o respectivo nome.

Você pode gostar também