Performance

Como tirar mais proveito de seu parceiros de mídia programática

01/01/2019

Thiago Ricardo, que último outubro se juntou a iProspect Australia, escreve no The Byte como usar melhor seu parceiros de mídia programática.

De acordo com as mais recentes Previsões de Gastos em Rede da Dentsu Aegis, rede a qual pertence a Redirect,  os gastos com mídia programática globais devem crescer 23,2% em 2018 e 19,1% em 2019. Marcas e agências em todo o mundo desejam continuar explorando a oportunidade de alcançar seus  mais valiosos públicos em escala, usando a mídia programática para consolidar estratégias de compra em formatos e dispositivos.

Apesar da tendência mundial de agências oferecerem compras programáticas internas como um serviço para seus clientes, o uso de parceiros de mídia de terceiros, como mesas de negociação, ainda é uma parte importante do mix de estratégia de desempenho. Para se diferenciarem entre si, as mesas de operação desenvolveram tecnologias proprietárias separadas e criaram uma ampla gama de ofertas exclusivas para ajudar a fornecer soluções para os diversos desafios de negócios dos anunciantes.

Um exemplo dessa busca por diferenciação pode ser observado em mesas de negociação usando tecnologias mais recentes, como machine learning para analisar grandes volumes de dados, e bidders automáticos para realizar otimizações em tempo real e extrair o máximo valor possível de cada impressão.

Essas técnicas também estão sendo usadas para ouvir fluxos de lances em vários DSPs e para comparar dados coletados com fornecedores de dados de terceiros para criar segmentos personalizados e prever o desempenho potencial de públicos-alvo não segmentados.

Veja a matéria completa aqui.

Você pode gostar também

Sem comentários

Responda