Inspiração

Boas práticas de paid search, voice search e mobile para trabalhar com novas mães

14/08/2018

Quem trabalha com paid search sabe que conhecer os comportamentos de compra dos seus potenciais clientes é fundamental para que sua estratégia dê certo. No entanto, às vezes é preciso realmente vivenciar a situação do público-alvo para entender melhor como é sua experiência e, disso, tirar diversos insights.

Quando se tornou mãe pela primeira vez, Maggie Siegler, diretora de Mídia Paga de uma das agências IProspect, se deparou com uma realidade totalmente nova. Ela passou um tempo de licença se preparando para a chegada do bebê e, como uma boa profissional de marketing digital, usou a internet para sanar suas dúvidas sobre maternidade.

Seus hábitos de compra e relacionamento com a internet e com os dispositivos mudaram completamente com o bebê. Ao se deparar com esta nova situação, ela teve alguns insights de como potencializar suas estratégias de paid search e outras oportunidades que podem ser exploradas quando se trabalha com novas mães.

Confira agora algumas boas práticas que podem te ajudar nas campanhas de mídia paga para este público:

#Mobile

Uma das coisas que mais chamaram a atenção de Siegler foi o uso dos dispositivos mobile durante essa experiência de mamãe novata. Ela sentiu na pele como estes aparelhos estão conquistando cada vez mais o cotidiano das pessoas: durante semanas ela deixou de usar a pesquisa em seu desktop, optando apenas por mexer no celular. Todas suas operações, inclusive de compra, eram feitas somente no smartphone.

Isso demonstra como criar estratégias e otimizar as campanhas para mobile são grandes oportunidades de negócio que não podem ser ignoradas pelos profissionais de marketing. O uso do celular facilita diversas operações, especialmente para quem está tão atarefado quanto uma mãe de primeira viagem.

#Voice search

Neste sentido, ela também notou a importância da pesquisa por voz. Ainda mais quando se é mãe de um recém-nascido, quanto mais suas mãos tiverem livres, melhor será para você. Ela notou que, enquanto normalmente não utilizava o recurso do voice search, como nova mãe esse era um dos meios preferenciais para utilizar a internet e se comunicar com sua família e amigos. Outra oportunidade de negócio que às vezes é negligenciada na hora de criar as campanhas.

#Paid search e mídia paga

Uma das surpresas de Siegler com sua experiência foi quanto às extensões Ads poderiam ser úteis – se a estratégia fosse bem feita, não considerando esta ferramenta apenas para melhorar a qualidade e posicionamento da sua campanha.

A diretora percebeu que responder as perguntas dos anúncios ajudava-a a economizar tempo, cortando caminho em sua jornada de pesquisa e, consequentemente, de compra. Isso é um fator essencial na estratégia de mídia paga, pois quanto mais você facilita o processo para o público (por exemplo usando palavras-chave e conteúdos que auxiliem a tomada de decisão, como comparações e guias práticos) mais ele responde positivamente e fecha o negócio.

Também neste caso, Siegler descobriu que outra mudança nos seus hábitos de pesquisa como nova mãe foi que passou a utilizar a ferramenta a qualquer hora do dia – inclusive fora dos horários padrões considerados em suas antigas estratégias de paid search. Uma pessoa que procura produtos para bebês ao meio dia tem um estado mental completamente diferente de que se procurasse as 3 da manhã, por exemplo. Isso também deve ser considerado na hora de criar as campanhas.

Esses são apenas alguns insights que podem mudar e melhorar os resultados das suas estratégias de paid search. Leia o artigo original Saving Searchers’ Time: Marketing Advice from a New Mom in Marketing e descubra mais oportunidades para o setor.

Você pode gostar também

Sem comentários

Responda